13 de fevereiro de 2007

Resposta ao Jabor

O Jabor, um de meus colunistas preferidos, escreveu um texto (logo abaixo), na minha opinião, dos mais infelizes.
Aqui a minha resposta.


"Barriga é barriga, peito é peito e tudo mais.Confesso que tive agradável surpresa ao ver Chico Anísio no programa do Jô,dizendo que o exercício físico é o primeiro passo para a morte.Depois de chamar a atenção para o fato de que raramente se conhece um atletaque tenha chegado aos 80 anos e citar personalidades longevas que nuncafizeram ginástica ou exercício - entre elas o jurista e jornalista BarbosaLima Sobrinho - mas chegou à idade centenária, o humorista arrematou com um exemplo da fauna: A tartaruga com toda aquela lerdeza, vive 300 anos. Vocêconhece algum coelho que tenha vivido 15 anos? * *Gostaria de contribuir comoutro exemplo, o de Dorival Caymmi. O letrista, compositor e intérpretebaiano é conhecido como pai da preguiça. Passa 4/5 do dia deitado numa rede,bebendo, fumando e mastigando. Autêntico marcha-lenta, leva 10 segundos parapercorrer um espaço de três metros. Pois mesmo assim e sem jamais ter feitoexercício físico, completou 90 anos e nada indica que vá morrer tão cedo.Conclusão: Esteira, caminhada, aeróbica, musculação, academia? Sai dessaenquanto você ainda tem saúde...E viva o sedentarismo ocioso!!!Não fique chateado se você passar a vida inteira gordo. *Você terá toda aeternidade para ser só osso!!!*Então: NÃO FAÇA MAIS DIETA!! Afinal, a baleia bebe só água, só come peixe,faz natação o dia inteiro, e é GORDA!!! O elefante só come verduras e éGORDOOOOOOOOO!!!!VIVA A BATATA FRITA E O CHOPP!!!Você tem pneus??? Lógico, todo avião tem!!!"


Eu também me surpreendi ao ve-los falar assim. Daqui a pouco vão falar que tomar sol do meio dia também faz bem.Protetor pra que? Tem tanta coroa carioca inteirona aí, tomou sol a vida toda, ja passou dos 100 e continua o mesmo maracujá de sempre.

Eu ,assim como você e o Chico Anísio, também vou a caminho da morte. Caminho mais leve e mais rápido que vocês é verdade, afinal faço esportes. Não gasto muito tempo na cama curando ressacas, embora como vocês eu também adore uma mesa de bar, mas meu corpo, já acostumado ao meu estilo de vida, se revigora mais rápido, mesmo depois das cervejinhas, fica melhor ainda depois de uma corridinha para tirar o álcool da noite anterior.


Interessante essa de que o estilo de vida de um sedentário que é bom, até porque a maioria dos sedentários que conheço não tem um estilo de vida muito variado, as opções acabam sendo mesmo a rede ou a cadeira.( e olha a cadeira tem que ser bem antiga e resistente, cadeiras de design moderno, muito delicadas não aguentam)


Nunca encontrei nenhum sedentário nas montanhas e lugares mais lindos em que fui a pé ou de bicicleta, provavelmente porque estavam deitados na cama ou caídos no bar.

Os filósofos gregos, pais dos jogos olímpicos, cultuavam tanto o corpo como a mente, mas não deixavam de beber vinho ou se divertir. Eram sábios, mas não tanto como os sedentários, afinal não pensavam em caminhar para a morte, corriam em busca da vida.

Mas vamos falar da natureza : Vocês que me desculpem, mas por motivos óbvios acho bem mais interessante a vida dos coelhos, ainda que mais curta.

Não é a toa que as tartarugas estão em extinção, são tão lerdas que não conseguem ter mais do que duas relações sexuais por ano. Eu é que não gostaria de viver 300 anos desse jeito.


Agora, se o problema é mesmo a longevidade, amigos sedentários, sejam um carvalho, assim não terão nem o trabalho de sair do lugar, estarão sempre lá crescendo para os lados.
Falando em exemplos, o rei Pelé já está com 70 e não fica deitado na rede nem ta com cara de que vai embora tão cedo, olha só e ele é esportista hein. E o Ghandi?Passou a vida andando, comendo verduras e apesar de não saber fazer samba, viveu 103 anos, isso sem os recursos da medicina de hoje.

Mas aí você me pergunta.E o delicioso pastel da feira?O bom de fazer esporte é poder se dar ao luxo de comer o que quiser de vez em quando e ainda ter aquela BARRIGA!
Mais uma coisa, caro Jabor, não vá você olhar para a menina elegante que passa entre as mesas do bar onde você está. Deixe para olhar para aquela gordinha animada, com os pneus encostados, suados, ali logo a seu lado. Ah você nem tinha notado, pois é, algumas mulheres sedentárias, apesar de legais e boas companheiras, acabam sempre esquecidas em algum canto.

Que tal o meio termo? Esporte e diversão com limites não faz mal a ningué. Viva o equilíbrio e alta estima!!!



5 comentários:

Nirton Venancio disse...

Fico com a sua resposta, Giovanna! me lavou a alma - que também gosta de malhar!

Julio Dalmaso disse...

Adoro o Jabor também, mas que ideal repugnante! Acho que não estou à caminho da morte já que sou sedentário, mas não quero viver até os 100... adorei!

Claudia disse...

Muito sensato seu post. Assino embaixo.
Eu fiquei foi muito frustrada quando, depois de me educar para beber agua (agua e nao cafe, suco, cha), os "cientistas" afiraram, que não era nada disso, qualquer líquido é líquido. Será??
beijo grande, Giovanna
Claudia
http://www.letti.com.br/afrodite/

presidente disse...

OLá Giovanna, primeiramente parabéns pelo blog e pela crítica, ainda não sabia dessa nova ideologia do Jabor, mas de fato, adorei sua argumentação.

Beijo, sucesso. ;*

juliana disse...

kkkkkk
Perfeita a resposta pro gordinho querendo levar a tchurma pro mau caminho!
beijos!
(adorando seus textos!!!)