30 de maio de 2007

Uma aula de roubo com classe

Paises cultos são outra coisa. Até o ladrão deles é sofisticado. Roubaram um stradivárius em Viena. O violino, um dos 600 órfãos do 'luthier' mais famoso do mundo, o italiano Antonio Giacomo Stradivarius, vale US$3,3 milhões! Ter ladrões assim dá até gosto. Olha que se bobear ele até arrisca uma valsinha antes de entregar para o colecionador.

Os nossos ladrões, quando muito tocam tamborim enquanto tomam um rabo de galo. Esquecem dinheiro na cueca, em malas, armários, e olha que estes são os de nível superior. Se pensarmos nos “empregados” padrão o negocio piora. Aqui o mercado está tão saturado que deve ter muito ladrão desempregado esperando para receber o FGTS.

4 comentários:

Fábio C. Martins disse...

ehehehe...
Adorei a idéia do "ladrão desempregado". Ótimo!

Agora, esse merecia um filme, a la "Onze Homens e Um Segredo"

Beijos

Marcelo Coelho Filho disse...

Não queria atrapalhar a surpresa, mas já que você tocou no assunto.Fui eu que roubei o stradivarius para tocar para você. Será que exagerei?

Linda!Linda!Linda!

beijos

Bel disse...

Ahahahahah...

Essa é boa!

Ethan disse...

isso me fez lembrar de um texto que uma vez li sobre ladroes na russia. eles sao muito sofisticados lá. usam técnicas de espiões ahah