23 de julho de 2007

Minhas musicas

Recebi do Marcio, uma missão deliciosa; listar as músicas que mais gosto. Tive que viajar quinta feira e embora com um pouco de atraso, só agora pude postar esta resposta. Desculpe pelo atraso, Marcio.

Entre todas as artes, a música é a mais poderosa, tem a capacidade de unir multidões, despertar coragem, mudanças e até lágrimas. Já foi considerada diabólica e santa, mas em minha opinião, é mágica. A música tem a força da alma. É transgressora e pura ao mesmo tempo. A música (relacionada ao encontro das musas) é sempre será a estrada mais curta para se chegar até a alma. Aí vão as minhas:

1-O que mais escuto é MPB, adoro ouvir as letras. Atualmente tenho me deliciado com o CD Um barzinho e m Violão, 3 e 4. Cd duplo com uma ótima seleção.

2- Como estudante de piano, uma bela música, estudo e aprecio muito as músicas clássicas, entre elas minha favorita é Clair de lune, do Debussy.

3- O rock também está presente em minha vida, principalmente durante as corridas; Lulu Santos, perfeito para cantar e espantar os males, Rolling Stones e Iggy Pop, que toca uma música que adoro, Candy


4- Ganhei um cd de uma pessoa que já foi muito especial. Estas músicas, além de lindas, lembram uma deliciosa fase da minha vida, tenho escutado com muita freqüência. Nek.

5- E finalmente a trilha que me acompanha nas horas de meditação, calma e inspiração. São dois cd’s; Flavio Varani (pianista que vi tocar na Casa do Saber e me apaixonei pela música) e Yaniel, pianista cubano capaz de arrancar lágrimas da platéia.

2 comentários:

Fábio C. Martins disse...

Ótima seleção!
Lulu Santos realmente dá um ânimo, e Candy é insuperável! O fôlego da Kate Pierson é impressionante!

Parabéns pelas músicas. Gostei bastante.
Beijos e ótima semana.

Marcio Pimenta disse...

Adoro Rolling Stones. Queria muito ter ido ao show deles, no mais, sua seleção está ótima.

Você estuda piano? Nossa... que delícia... estou escolhendo algum instrumento para aprender a tocar e piano e guitarra estão entre as preferidas, embora ache que na minha idade já não seja algo tão fácil...

Beijos!