6 de novembro de 2007

Doce porcaria


Comer para muita gente significa abrir a geladeira, escolher algo pratico e com substancia suficiente para deixar o estômago com preguiça de reclamar por algum tempo. Muitas vezes ouvi aquela frase cliche do avozinho centenário que se alimentou de torresmo a vida toda e nunca ficou doente. Esse senhorzinho deve ser o tal velhinho que fumou a vida toda e morreu de velhice aos 95 anos. O que dizer a pessoas que baseiam suas ideias em centenários exemplos de sorte e genética?

Eu faço parte das pessoas que levam a sério a arte de se alimentar. Adoro fazer dos minutos em que como, rituais. Nada como parar um pouco, sentar-se a uma mesa limpinha e comer algo especial, natural e que seja lembrado apenas e não sentido por horas e horas a fio.

Mas porque tudo isso agora? Esses dias, depois de tomar um cafe da manha delicioso, cheio de frutas, geleias e paezinhos frescos, fui ver uma amigo que veio de NY por alguns dias. Encontrei-o de trás de um jornal, entre um pedaço de pizza , o lap top e varios donuts( nao sabia que essas rosquinhas habitavam nosso país). Esta seria uma manha como todas as outras em sua estranha vida, não fosse meu espanto e olhar catatonico ao encontra-lo naquele estado.

-Que estado? Perguntou um Guiga cheio de açúcar nos cantos da boca?
-Você está em guerra contra seu corpo? Duvido que está sentindo o sabor de alguma dessas coisas,comendo desse jeito, fazendo tudo ao mesmo tempo.
Pensei em explicar que o café da manha era a parte mais importante do dia, que nosso corpo precisava de vitaminas e todo o blablabla que a Giovanna que vive dentro de mim costuma dizer.

O jeito foi sentar e deixar minha ideologia para outra hora. Tínhamos um texto enorme meu para revisar e ainda muito assunto para colocar em dia. Sentei e para compensar minha cara de espanto ao chegar, aceitei um donut.
Aí vai um conselho. Nunca em hipótese alguma prove o que você já detesta por definição, pode acontecer de você AMAR!!!!

3 comentários:

Pedro - RJ disse...

Hum .. me senti agora naquele banquete de Babete misturado com as cenas de Maria Antonieta, em que a Kirsten Dunst fica comendo aquele biscoito rosa ... Giovanna, Giovanna, esse post é uma covardia, e vc ainda falou em donuts!!!!!! ...rs

Giovanna disse...

Estas se superando moça!

um beijo para ti,

Guto/ Floripa

Caco disse...

Doughnuts da Krispy Kreme são criminosos.

Dá para a gente ser healthy e tirar um dia na semana (ou na quinzena ou no mês) para 'nos embebedarmos', certo?

Beijos & stay healthy.