25 de fevereiro de 2009

Um anjo na Ilha

Correndo pela Ilha Bela, estava sendo engolida pelo calor. Não desisti. O mar ajuda sempre. Mais de 8Km depois, encontrei um anjo. Uma amiga querida, a Marina, também correndo. Acabou seus 14K e ficou ali, parada bem no meu caminho com uma garrafinha de água na mão. No meio do caminho tinha um anjo. Tinha um anjo no meio do caminho. Viu como correr é pura poesia?

2 comentários:

julio de castro disse...

mas uma poesia rápida

:P

P. Matheus disse...

boa...bela poesia Drummondiana!