11 de maio de 2009

E la nave va...

Tão logo a saudade começa a meter medo, a manhã chega para acender as luzes e acordar quem ouse dormir. Não é preciso lembrar, chorar de saudade basta viver novas alegrias, novas emoções.
As arvores do meu jardim já tem brotos, em breve estarão floridas...
E la nave va...

2 comentários:

Pedro disse...

basta tão somente viver...
bjos

julio de castro disse...

só o futuro interessa