16 de janeiro de 2007

Renascendo Para a Mentira

“É tudo perseguição religiosa, tenho certeza que Jesus irá ao encontro da verdade e a verdade está no templo, se doamos parte do que temos para mais tarde, na hora certa, encontrarmos nosso lugar e sentarmos ao lado dele (Jesus), é por vontade nossa,nunca fui coagida a doar nada”.

Assim respondeu uma das 100 fiéis da igreja renascer, ao ser indagada sobre a prisão dos pastores.
Na dúvida acredite em Deus, afinal nada mais lógico do que acreditar em algo assim, indiscutivelmente sempre certo. Até que enfim uma verdade absoluta!

O que poderia ser mais absoluto e incontestável do que a igreja? A igreja renascer prega as leis e mandamento do salvador, do nosso salvador, Jesus!

Estranho porém, para mim, uma leiga em se tratando de cultos, é que Jesus, que veio ao mundo tão pobre, tão humilde, sem nunca pedir nada a ninguém, ao contrário, pelo que aprendi nas aulas de história, ele pregava o total desapego por bens materiais.

Tudo isso enquanto passou por aqui, provavelmente lá no céu, paraíso ou na sua casa sagrada, as coisas mudaram.
Os lotes devem estar em alta.

Soube que o pai de Jesus, Deus, agora trabalha no mercado imobiliário e sua principal empregada se chama Sônia Hernandes.

Coitada, ela assumiu o compromisso de guardar para seus chefes todo o dinheiro arrecadado aqui na terra.
Esta moça, pasmem, está sendo julgada apenas porque resolveu gastar um pouquinho do dinheiro dos chefes,tudo com prévia autorização deles lógico.

Nada assim de muito grandioso. Não construiu nenhum coliseu nem castelos. Comprou uma fazendinha no interior de SP, onde leva convidados e água perrier em seu helicóptero.

Alguns jet skis para depois das orações também foram adquiridos, com a previa autorização do SR. Jesus..
Vivem numa modesta casa de 465 000 dolares, digna de qualquer marceneiro, em Boca Raton, e como diz Dona Juscleide, outra fiel de um dos 1500 templos da renascer, “eles merecem tudo o que tem”.
Só um detalhe é que não peguei muito bem.

A justiça divina deu todos esses bens a eles e agora quem é que está tirando e mandando os santos pastores para a cadeia?
De onde vem essa crença, que eu chamo de ignorância, responsável por tanta gente que dá o pouco que tem para algum pastor vestido de solução?

Essa obediência cega me faz lembrar de muito mais do que religiões e castigos.
Ignorância! Ignorância! Esta sim é a palavra certa, a salvação de pessoas como os pastores e a ruína de coitados que vivem numa caverna a olhar para suas pobres sombras.



2 comentários:

Márcio Pimenta disse...

Aqui em casa, uma mulher que trabalha para nós, passou por algumas dificuldades pessoais e foi a isca perfeita para uma destas igrejas. Em 15 dias frequentando o "lar do Senhor", conheceu um rapaz, vão se casar daqui a 1 mês e nos finais de semana saem para catar latinhas na praia. Segundo ela: "deve-se começar de baixo, mas logo vocês irão me ver na TV".

Dá para acreditar?

Beijos!

Aline Rodrigues disse...

querida!!
não gosto muito de falar de religioes...mas acho um absurdo esta lavagem celebral que algumas igrejas fazem...aiaiaiaia
não vou me aprofundar viu!!!
bjos