13 de julho de 2007

IGRVSE

Depois de alguns dias na FLIP com amigos, muitos e-mails de encontros da turma, para ver fotos, tomar pinga, falar das palestras que não vimos das que vimos...
Somos 12.
As respostas enchem a caixa de entrada, até a resposta do Ernesto;
“IGRVSE, saudades de todos".

Ernesto é baiano, aparentado com Jorge Amado, deve saber o que fala.
Espero alguém responder, afinal não posso ser tão ignorante a ponto de não saber o que é IGRVSE.
Nada.
Depois de algum tempo a Bebel me liga. “Gi, você sabe o que é IGRVSE?”
Eu e a Bebel somos mesmo desinformadas. A Sandra deve saber. Não sabe.
A Fernanda também não sabe, que loucura.

Hoje, a primeira coisa que escuto é a vozinha de veludo da Julie ao telefone: “Gigica, to até com vergonha de perguntar, mas o que é IGRVSE?”.

Cansei! Vou desabafar! NÃO SEI O QUE É IGRVSE! E pelo que imagino só os homens sabem, afinal nenhum me ligou para perguntar.
Ou as mulheres da casa são muito curiosas desinformadas.

3 comentários:

Anônimo disse...

Aqui quem lhes fala é a voz aveludada da Julie.
Ainda não desvendamos o mistério, mas descobrimos que cinco mulheres enlouquecem com certa facilidade.
Uma simples sigla desconhecida provoca tamanho alvoroço.
Isso é coisa de paulista, se estivéssemos na Bahia, esse enigma passaria quase despercebido. Iríamos trocar essa duvida por uma caipirinha, um mergulho no mar, uma água de coco... ou simplesmente deixaríamos para depois.
Acho que vamos ter que ir para Bahia, “bahianar” e desvendar esse mistério.

Flávia Brito disse...

Giovanna, parabéns pelo bom gosto com que vc conduz seu blog...

Agora vc me deixou curiosa. IGRVSE?

Beijos!

Fábio C. Martins disse...

Pode me acrescentar nas estatísticas.
Não faço a menor idéia do que é IGRVSE.

Bom, vou esperar uma resposta também.
Beijos